quarta-feira, 30 de abril de 2014

O mundo dá voltas

O mundo dá voltas e ela sabia que iria encontrá-lo.

O dia ia chegar e finalmente veria aquele que ela odeia tanto por um dia ter amado tanto.

Quando ocorresse o encontro finalmente descobriria por que ele fez o que fez e por que não fez o que não fez.

Iria querer saber o porquê botou o pé na estrada no momento seguinte de ela ter fechado as pernas.

Vazou tão rápido quanto gozou. Nem deixou o suor secar para sacá-la da sua vida.

Mas o mundo dá voltas e ele teria que se justificar, teria que falar por que não falou com ela no dia seguinte. Por que não ligou, não enviou mensagem, não mandou um face. Nem um whats. Não merecia nem um whats?

Queria saber por que jogou fora aquilo que ela tinha guardado para ele ao longo de seus 15 anos.

Mas o mundo dá voltas e teria que contar por que contou para todo mundo o que não deveria ter contado.

Mas, diferente do que ela pensava, ele ficaria a vida inteira morando na França até o resto da vida e nunca mais se veriam.


Independentemente disso, o que realmente importa é que o mundo dá voltas e graças aos movimentos de rotação e translação acontece a mudança dos dias e anos.
Postar um comentário